Controle de estoque: como fazer da maneira correta?

  • Home
  • /
  • Blog
  • /
  • Pages
  • /
  • Controle de estoque: como fazer da maneira correta?

O controle de estoque é uma tarefa essencial para dar conta das demandas dos clientes, sem ter mercadoria parada.

Para isso, cada negócio encontrará a metodologia que mais funciona para seu modelo de negócio, já que existem técnicas distintas e inventários especializados para auxiliar nesse processo.

O que é controle de estoque?

O controle de estoque é um processo fundamental para gerenciar e acompanhar a quantidade, localização e movimentação de produtos ou materiais numa empresa. Ele envolve a supervisão e registro de todas as entradas e saídas de mercadorias, bem como a monitoração dos níveis de estoque disponíveis.

O objetivo principal do controle é garantir que a empresa tenha os produtos certos, na quantidade adequada, no momento correto e no local apropriado. Isso envolve a manutenção de um equilíbrio entre o estoque disponível e a demanda dos clientes, evitando excesso que resultem em custos adicionais de armazenagem, obsolescência ou deterioração dos produtos, e também evitando faltas de estoque que prejudiquem as vendas e a satisfação dos clientes.

TESTE GRATIS DO YAMPA

Importância do controle de estoque

Para colocar em prática um controle estratégico, é importante considerar algumas variáveis, como a época do ano, os períodos de alta e baixa procura e datas comemorativas, por exemplo. Isso também é influenciado por alguns fatores de menor mutação, como:

  • Cálculo e estimativa de rotatividade de produtos e produtividade;
  • Local de armazenamento dos produtos;
  • Constante acompanhamento de entradas e saídas;
  • Boas negociações com fornecedores. 

Vale ressaltar, também, que uma boa prática de controle do stock é não encará-lo como um investimento. O estoque não pode ser considerado um investimento porque faz parte do operacional do seu negócio. 

Quando há muitos produtos em estoque, isso significa que você está com dinheiro parado e não circulando. Por isso, é necessário saber como fazer um controle de estoque que funcione para a realidade do seu negócio, lembrando que quanto menos estoque, melhor.

Passo a passo para o controle de estoque

Agora que você já sabe a importância do controle do stock, fica mais fácil de entender como ele deve funcionar. 

Pode-se dizer que existem três regras básicas para um controle de estoque eficiente: conhecimento, organização e praticidade. Essas regras permeiam todos os passos da elaboração do controle e quando uma delas não é seguida, a eficiência do estoque diminui. 

Você pode gostar de: Como escolher o melhor software de gestão financeira?

1. Estruturar o estoque

A estrutura física do estoque pode influenciar muito na parte financeira do controle de estoque. Isso porque um estoque desorganizado pode dificultar a realização do inventário, o monitoramento do giro do estoque e até mesmo a montagem de pedidos, já que os produtos podem ser difíceis de acessar. 

Manter um estoque organizado é essencial para garantir que os demais processos sejam feitos com precisão e não haja desperdício de dinheiro. 

2. Fazer um inventário

O inventário nada mais é do que uma lista de todos os produtos existentes no estoque, identificando-os por categorias e especificidade de cuidados, como data de expiração ou fragilidade. 

O inventário parte do princípio de conhecimento do controle, e deve ser atualizado constantemente.

3. Acompanhar o giro de estoque 

O giro de estoque demonstra quantas vezes o estoque precisou ser reposto em um determinado período de tempo. É um processo importante do controle de estoque, para entender qual é o índice de reposição ideal para o negócio, de modo que não falte produtos para o consumidor e nem sobre mercadorias nas prateleiras. 

4. Calcular os custos

Os principais custos a serem considerados no estoque são:

  • Custos de aquisição e reposição de mercadorias;
  • Custos com a manutenção física do estoque, como aluguel;
  • Custos com perdas e danos. 

É importante que estes custos sejam contabilizados no planejamento financeiro do seu negócio, apropriadamente como despesas fixas ou variáveis, para que você não perca o controle sobre os gastos com o estoque e até consiga reavaliar custos excessivos. 

5. Utilizar ferramentas que otimizem o controle do stock

Sempre vamos ressaltar por aqui o poder das ferramentas tecnológicas para facilitar todas as demandas que os donos de negócio têm. Não seria diferente para o controle de estoque. 

Já existem diversas ferramentas online ou baixáveis que automatizam e simplificam o controle de estoque. Assim como o yampa te ajuda no controle financeiro e fluxo de caixa, você pode dar uma chance para a automação do controle de estoque também!

Como é a relação de estoque com o fluxo de caixa?

O estoque representa o valor dos produtos ou materiais que a empresa tem em seu poder, aguardando venda ou utilização. Portanto, o controle eficiente do estoque é essencial para garantir que a empresa tenha produtos disponíveis para venda, sem que haja excesso ou escassez.

Por isso, o controle de estoque desempenha um papel fundamental no fluxo de caixa de uma empresa. Ao manter um controle eficiente do estoque, é possível minimizar os custos relacionados ao estoque, evitar a ruptura de estoque e reduzir perdas por obsolescência.

Além disso, um bom controle permite otimizar o ciclo de caixa, convertendo mais rapidamente os produtos em dinheiro e reinvestindo esse capital em outras áreas do negócio.

Em resumo, o controle de estoque adequado contribui para uma gestão financeira mais eficiente e um fluxo de caixa saudável.

Você cuida do seu fluxo de caixa? Deixe de trabalhar no escuro e faça um raio x do seu negócio.

teste gratis do yampa

Este artigo foi útil?

5/5

Compartilhe

Facebook
LinkedIn
Twitter
WhatsApp

Aprenda mais

Feito com pela equipe yamper!

Política de privacidade | Termos de uso

Suporte

Atendimento de segunda a sexta, entre 9h e 18h

Trabalhe Conosco