Conheça as principais formas de pagamento disponíveis hoje

Conheça as principais formas de pagamento disponíveis hoje
Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter

Já se foi a época em que os clientes andavam com dinheiro no bolso e consumiam em empreendimentos que só aceitavam “dinheiro vivo”. A verdade é que o dinheiro é cada vez mais digital e destacam-se os negócios que disponibilizam as principais formas de pagamento existentes hoje. 

Será que você sabe quais são elas? Confira a seguir a lista das principais formas de pagamento disponíveis no Brasil hoje e como seu negócio pode se beneficiar com elas.

A evolução das formas de pagamento

Para entender melhor o contexto atual das formas de pagamento e o futuro delas, é essencial compreender o passado e o caminho evolutivo que esses métodos percorreram para chegar nas versões que existem hoje. 

Que moedas de troca e dinheiro existem faz tempo você já deve saber. Evidências históricas indicam que as primeiras notas de dinheiro foram utilizadas na China, por volta dos anos 800 d.C., mas até os anos 1970 cada emissão de cédulas por parte das autoridades de um país tinha que ser respaldada por uma certa quantidade de ouro.

Nesse meio tempo surgiram os cheques no século XVIII e os cartões de crédito em 1958, como meios de realizar um pagamento antes mesmo de se ter o dinheiro. No início, essas formas de pagamento eram oferecidas pelos bancos apenas a clientes exclusivos e que tinham como garantir o pagamento, mesmo que em uma data posterior. 

Para novas formas de pagamento se popularizarem, elas dependem muito da adaptação do mercado varejista que, no início dos anos 60 ainda não tinha a velocidade de atualização tecnológica que tem atualmente. Então, os cartões de débito e crédito começaram a ser amplamente utilizados pela população geral apenas entre o final dos anos 80 e início dos 90. 

Dos cartões de crédito para métodos de pagamento 100% online, o pulo histórico foi mais curto. Em 1990, com a chegada da Internet e a comercialização de produtos e serviços por meio dela, o pagamento por meio do computador foi possibilitado também. 

Como dizem os antigos, a partir do surgimento da Internet foi só “ladeira abaixo”, no bom sentido. Com ela vieram também as formas de pagamento via celular e dispositivos móveis e, pouco tempo depois, as criptomoedas. 

Leia também: Será que PIX e transferência é a mesma coisa?

Principais formas de pagamento disponíveis no Brasil

Uau, que viagem, né? A história do dinheiro é longa e começa em tempos muito distantes do nosso, mas é importante conhecê-la para entender os atuais movimentos de mercado. 

No entanto, isso não significa que você precisa oferecer todas as formas de pagamento que existem por aí. Pelo contrário, significa que você deve conhecer seu público e escolher os melhores métodos para atendê-lo.

Por exemplo, se você tem uma padaria, faz sentido você continuar oferecendo a opção de pagar com dinheiro e com cartões, enquanto que se você tiver uma loja de roupas, talvez seja interessante oferecer pagamentos via PIX também. 

O importante é que você consiga oferecer pelo menos mais de uma forma de pagamento, para garantir flexibilidade para os seus clientes e, também, diversificar os prazos de recebimento dos pagamentos e balancear seu ciclo financeiro. 

Dentre todas as existentes, as principais formas de pagamento disponíveis no Brasil atualmente são:

Dinheiro. O dinheiro em cédula ou “dinheiro vivo”, como costumamos dizer, ainda é sim muito utilizado, especialmente em negócios de rua como lojas, mercados, feiras e lanchonetes. 

Cartões de débito e crédito. Sem dúvidas, os cartões de crédito e débito são as principais formas de pagamento. Com diversas bandeiras disponíveis atualmente, é interessante que você utilize uma máquina de cartão que aceite as bandeiras mais conhecidas, assim o seu cliente não fica limitado. 

Você pode se interessar por: A planilha de controle financeiro ainda é eficiente?

Vale alimentação e vale refeição. Os vales alimentação e refeição ainda são muito comuns para a população brasileira, já que é um benefício oferecido por muitos empregadores. Se você tem um restaurante, lanchonete ou padaria pode considerar aceitar as bandeiras mais comuns de vale refeição, enquanto mercados e mercearias podem optar pelos vales alimentação. 

Cheques e carnês. Os cheques e carnês já foram muito utilizados pela população em geral, mas estão caindo cada vez mais no esquecimento. Atualmente, são utilizados por algumas poucas lojas de móveis e departamentos que dependem de longos parcelamentos ou que atendem um público que ainda não é adepto dos cartões de crédito. 

Transferências e boletos bancários. Esses métodos já são antigos e são popularmente realizados em caixas eletrônicos. Contudo, com o surgimento dos bancos digitais e do PIX, ficou ainda mais acessível realizar o pagamento online de boletos e a realização de transferências instantâneas e gratuitas para pessoas físicas.

Pagamentos online. Além do boleto bancário e do PIX, que podem ser considerados formas de pagamento online, existem também algumas companhias que atuam como intermediárias de pagamentos, como o Google Pay, PayPal, PagSeguro, e muitas outras. Por meio destas você não fica responsável pelo processamento do pagamento, apenas pela cobrança e recebimento.
Agora que você já conhece as principais formas de pagamento utilizadas aqui no Brasil, pode fazer uma análise do seu público e decidir quais métodos são mais adequados para oferecer a melhor experiência de compra para os seus clientes e aumentar suas vendas!

Este artigo foi útil?

5/5

Compartilhe

Share on facebook
Facebook
Share on linkedin
LinkedIn
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Aprenda mais

Quer acesso a materiais gratuitos?

Feito com pela equipe yamper!

Política de privacidade | Termos de uso

Suporte

Atendimento de segunda a sexta, entre 9h e 18h

Trabalhe Conosco